Reflexão sobre o dia 1º de janeiro em Parangaba

1° DE JANEIRO
DIA DO BOM JESUS DOS AFLITOS
SOLENIDADE DE MARIA, MÃE DE DEUS
DIA MUNDIAL DA PAZ

1º de janeiro é uma data repleta de santidade em Parangaba. Em primeiro lugar porque este é o dia dedicado ao padroeiro Bom Jesus dos Aflitos, motivo de grande devoção. Por isso a comunidade de Parangaba e os devotos de outras comunidades, há mais de 300 anos, depositam no princípio de cada ano, a confiança em sua proteção. Essa tradição tem raízes portuguesas e tem espelho em algumas vilas pesqueiras de Portugal, onde o Bom Jesus dos Aflitos é venerado pelos pescadores que dedicam a ele o primeiro dia do ano.

Em segundo lugar, a Solenidade de Maria, Mãe de Deus, comemorada na Oitava do Natal. O nome “oitava” se refere à antiga prática da Igreja de celebrar o Natal durante oito dias. É uma tradição que remonta ao Antigo Testamento, quando o povo hebreu observava muitas das suas festas ao longo desse mesmo período de oito dias, tais como a Festa dos Tabernáculos e a Festa de dedicação ao Templo. O que levava os hebreus a celebrar suas grandes festas durante oito dias eram a vida muito tumultuada e as pressões e divisões causadas pelas tradições pagãs, que afetavam o cotidiano das famílias judias. Essa tradição foi incorporada pela Igreja Católica em outras solenidades. No entanto, após o Concílio Vaticano II, somente a Páscoa e o Natal mantiveram a sua oitava.

E por último, a Igreja celebra ainda o Dia Mundial da Paz e, como de costume, reflete sobre a mensagem do Santo Padre.

É refletindo sobre esses três motivos de celebração, que Bom Jesus dos Aflitos de Parangaba reúne em torno de si, no dia 1º de janeiro, uma grande dimensão de fé.

Paulo Roberto Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *