Jovens de três paróquias salvatorianas participam de encontro em Fortaleza

Com o lema “Ninguém te desprezes por ser jovem. Sê o verdadeiro apóstolo de Jesus”, os jovens salvatorianos de Fortaleza se reuniram no domingo (29) no Centro Pastoral Padre Jordan. O “II Encontro Interparoquial da Juventude Salvatoriana” da cidade reuniu cerca de 150 pessoas.

Já na chegada todos receberam a blusa oficial do evento, juntamente com um crachá de identificação e uma pulseira de cores variadas. O louvor ficou por conta da turma da Paróquia Imaculada Conceição (Bairro João XXIII), que colocou todo mundo para dançar com muita alegria e animação.

Logo em seguida, o padre James Oliveira, da Missão de Coelho Neto-MA, nos falou sobre a diferença entre jovem apóstolo e “jovem sofá”. Utilizando como exemplo a história de Francisco Maria da Cruz Jordan, fundador da Sociedade do Divino Salvador (Salvatorianos). Um jovem com sonho de ser padre, mas com uma rotina muito puxada. Jordan perdeu o pai muito cedo, passou por momentos difíceis, mas não desistiu de seguir Jesus Cristo. Uma coisa é certa: se queres ser jovens anunciadores da Boa Nova, não dá para ser “jovem sofá”, ou seja, acomodado, esperando que a vida se encarregue de ser perfeita sem esforços.

“Eu gostei muito do encontro. Foi gratificante para mim, acho que foi um dos melhores dias da minha vida. Gostei da ideia de não ser um “jovem sofá”, relata Ana Beatriz, do grupo MEJ.

A Paróquia São José (Bairro Vila Peri) enviou alguns jovens que mostraram a possibilidade de também se evangelizar através da arte. Eles apresentaram a coreografia da nova música da Juventude Salvatoriana, composta pelo seminarista Juan Diaz. E se alguém estava com dúvida de quem foi Padre Jordan, a resposta veio através de uma peça teatral com uma maneira descontraída.

Jovens apóstolos anunciam o Salvador através da evangelização

Lembra da pulseirinha que foi distribuída na chegada do encontro? Elas serviram para dividir os grupos da gincana. Ao total, foram 5 equipes.

A primeira prova foi criar uma peça que transmitisse os desafios do jovem atual. Em seguida, os participantes tiveram que criar um “grito de guerra” e uma dancinha. Ainda se prepararam para um desafio que requereu muita habilidade: montar uma torre de macarrão que suportasse o peso de um marshmallow.

O pessoal da Equipe Verde se saiu super bem e venceu a prova. Aliás, a sorte estava a favor dos verdes, acabaram sendo os únicos a criar uma estratégia de fazer com que um ovo não quebrasse ao ser jogado no chão (usando apenas um balão, fita, uma folha de ofício e um pedaço de barbante).

Na quadra de esportes as equipes foram preparadas para provas de agilidade. Os participantes acabaram amarrados uns aos outros. Fazia parte da dinâmica.

Os grupos seguiram para o local onde funcionou o seminário, do outro lado da rua. Lá, começou uma caça ao tesouro. Enquanto alguns se indagavam “Onde estava o prêmio?”, o seminarista Rodrigo Varelli levava, disfarçadamente, cada equipe ao encontro do verdadeiro tesouro: Jesus Cristo, na capela do Santíssimo.

“Foi muito essencial esse encontro. Esclareci várias dúvidas, aprendi a trabalhar em equipe, e aprendi que para tudo nessa vida tem um propósito maior” – afirmou o jovem João Breno, do grupo OPC.


Durante todo o encontro, os jovens tiveram momentos de oração e reflexão

Para finalizar com chave de ouro, um momento com Nossa Senhora e a Adoração ao Santíssimo Sacramento levou os jovens a refletirem sobre tudo o que aconteceu durante o dia. Tiveram a oportunidade de reconhecer o verdadeiro motivo de estarem juntos naquele domingo: apesar de jovens, todos já são apóstolos de Jesus.

A Paróquia Bom Jesus dos Aflitos (Parangaba) foi a anfitriã do encontro e cuidou de toda a ornamentação. Ao ser questionado sobre o que achou do encontro, o jovem Deryk Souza, do EJC dessa mesma Paróquia, afirmou “O encontro foi muito além das minhas expectativas, gostei muito de cada detalhe e só tenho a agradecer a cada pessoa que se esforçou ao máximo para esse retiro acontecer. É muito bom fazer parte dessa juventude Salvatoriana e se aprofundar mais nesse carisma.”

Por Vitória Rodrigues (Pascom Matriz)
Revisão Pascom
Fotos Isamara Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *